template-homem-na-lua.png









Homem em Marte

 

No governo de George W. Bush, fohomem-em-marteram apresentados os novos e ambiciosos planos espaciais americanos: a colonização do homem num dos planetas existentes no espaço.

 

Desde Apollo 11, o cientista Wernher von Braun já pensava em estratégias para enviar o homem a Marte. Ele era um engenheiro de foguetes e, desde a missão Apollo, publicava em artigos que era possível enviar uma frota de 10 espaçonaves, com 70 astronautas em cada viagem para Marte.

Essa era a próxima etapa dos americanos: enviar homens para habitar em outro planeta. De início, apenas 12 astronautas poderiam ser tripulados em naves gêmeas para Marte. Desta vez, a nave espacial era mais avançada. Os testes estavam previstos para 1978 e o pouso a Marte, em 1982. Um relatório foi apresentado a NASA, em 1969, recebendo a aprovação e o apoio deles.

Contudo, as previsões dos gastos eram de cerca de US$ 78,2 bilhões, e isso não trouxe a mesma euforia da viagem à Lua. Pelo contrário, o público não se animava em ver as imagens granuladas e empoeiradas enviadas pela sonda espacial Mariner 4 e o presidente Richard Nixon cortou os orçamentos do projeto, restando apenas o design do ônibus espacial.

O Dr. Von Braun se tornou vice-administrador Associado de Planejamento da NASA, em 1970, mas aposentou-se dois anos depois. Ele morreu em 1977.

Os desafios

Programa Constellation – construção de uma base na Lua, é considerada o laboratório para as pesquisas em M
arte e outros planetas. Os principais desafios encontrados pelos astronautas são: efeitos fisiológicos, perigos físicos, como a forte exposição à radiação perigosa, por exemplo, os prótons de baixa e de alta energia (nocivos ao homem, gerando até um câncer por interferirem no DNA) e à gravidade zero, pressão psicológica (provocada pelo longo período no espaço), em que os astronautas poderiam adquirir depressão e sentimentos de solidão.

Será preciso para habitar um novo planeta, se adaptar às condições do mesmo e se readaptar novamente na volta à
Terra.

Entrando em Marte


No período das pesquisas do doutor Von Braun, já eram realizados testes na superfícies de Marte. Veículos de controle remoto analisavam as condições e enviavam imagens do planeta desconhecido. Essa exploração já ajudou a encontrar prováveis locais para pouso, a existência de gelo e outros elementos essenciais para a continuação das pesquisas.


Pela Missão Mars Sample Retur
n, seriam enviados amostras do solo à Terra, antes de qualquer nave entrar em Marte.
perigos-no-espaco.jpg
Outro programa, o Scout da NASA, realiza várias missões, recolhendo dados de Marte. O Phoenix, um aterrisador, foi instalado recentemente na superfície de Marte, mostrando que o planeta foi favorável à vida.

Curiosidades


No futuro, os cientistas preveem que os humanos terão que viajar em comboios para Marte e, primeiramente, 26 meses antes da primeira tripulação, dois veículos de carga serão enviados. Esses ficarão no planeta cerca de 18 meses, sendo que a duração da viagem é de seis m
eses. Será possível aproveitar o alinhamento que a Terra fará com Marte, havendo assim a diminuição do tempo de viagem, a exposição à radiação e à gravidade.




Site desenvolvido por KERDNA Produção Editorial LTDA